Tumulto por Ramadã deixa ao menos 23 mortos na Indonésia

Multidão aguardava donativos de família rica, cerca de US$ 4 por pessoa, em mês sagrado muçulmano do Ramadã

BBC Brasil, BBC

15 de setembro de 2008 | 08h14

JACARTA - Pelo menos 23 pessoas morreram e várias outras ficaram feridas em um tumulto na Indonésia, de acordo com autoridades locais. O corre-corre começou quando uma multidão aguardava donativos de uma família rica na cidade de Pasuruan, no Leste de Java. Os donativos, de cerca de US$ 4 por pessoa, são uma tradição durante o mês sagrado dos muçulmanos, o Ramadã.   Veja também: Assista ao vídeo    Pelo sistema conhecido como Zakat, muçulmanos abonados devem doar uma parte de seu dinheiro para os pobres todos os anos. Imagens exibidas pela televisão mostraram mulheres gritando na medida em que eram empurradas contra uma cerca pela multidão.   Foto: Reuters   Havia mais de 10 mil pessoas na multidão que aguardava o dinheiro, de acordo com a agência de notícias estatal da Indonésia. Algumas pessoas desmaiaram por falta de oxigênio e outras foram pisoteadas, diz a agência, acrescentando que os feridos foram levados para um hospital.

Tudo o que sabemos sobre:
RamadãIndonésia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.