Tunísia escolhe ativista para presidente interino

Um funcionário do partido secular tunisino Congresso para a República (CPR), que ficou em segundo lugar nas eleições para a Assembleia Constituinte no final de outubro, disse nesta terça-feira que o ativista dos direitos humanos Moncef Marzouki foi escolhido para o cargo de presidente do país. Marzouki será presidente interino enquanto a Constituição da Tunísia for escrita pela Assembleia eleita no mês passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.