Tunísia: ministro da indústria será primeiro-ministro

O ministro da indústria da Tunísia, Mehdi Jomaa, foi escolhido como o primeiro-ministro que vai dirigir um governo interino até as eleições democráticas do próximo ano.

AE, Agência Estado

14 de dezembro de 2013 | 21h09

O chefe do sindicato UGTT anunciou a escolha na noite de sábado. Mehdi Jomaa tem 50 anos e ganhou votos de um grupo de 21 partidos políticos, apelidado de diálogo nacional, que começou as reuniões em outubro. Jomaa tem três semanas para formar um governo, que irá preparar a eleição presidencial e legislativa do próximo ano, ainda sem data definida.

As revoluções na Tunísia, com início em janeiro de 2011, desencadearam a Primavera Árabe. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Tunísiaeleiçõesprimeiro-ministro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.