Tunísia tenta definir data para próximas eleições

O líder da comissão eleitoral da Tunísia, Chafik Sarsar, pressionou a assembleia para se apressar na definição de uma data para as próximas eleições. Um novo pleito foi prometido para antes do fim do ano, mas os partidos na assembleia não conseguem definir se as eleições presidencial e legislativa devem acontecer ao mesmo tempo ou separadamente.

AE, Agência Estado

27 de maio de 2014 | 16h21

Sarsar disse que vai levar de seis a oito meses para organizar as eleições e acrescentou que é necessário inscrever as 4 milhões de pessoas aptas a votar, mas que não estão registradas. Aproximadamente 3,5 milhões de tunisianos votaram nas eleições de outubro de 2011, cerca de nove meses depois de uma longa ditadura ter sido derrubada.

O partido islâmico Ennahda dominou o pleito e governou por dois anos, antes de renunciar a favor de um governo interino depois de uma crise política com a oposição. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
TUNÍSIAELEIÇÕESASSEMBLEIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.