Turba invade missão da ONU no Sudão do Sul

Uma multidão de jovens invadiu nesta quinta-feira a sede da missão de manutenção de paz da Organização das Nações Unidas (ONU) em Jonglei, Estado mais populoso do Sudão do Sul. A invasão ocorreu em um momento no qual jovens da etnia Nuer perseguiam civis que buscaram refúgio na missão da ONU.

AE, Agência Estado

19 de dezembro de 2013 | 17h52

"É possível que haja vítimas, mas não sabemos quem nem quantas seriam elas", declarou o subsecretário de imprensa da ONU, Farhan Haq. Segundo ele, milhares de pessoas têm buscado refúgio em escritórios da ONU e pedido proteção da entidade em meio a um cenário cada vez mais claro de conflito étnico no país africano. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Sudão do SulviolênciaONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.