Turbulência em voo da Qantas deixa 7 feridos

Sete passageiros foram tratados em razão de cortes e contusões depois que um superjumbo da companhia aérea australiana Qantas Airways enfrentou uma forte turbulência na rota entre Londres e Cingapura. O voo QF32 que levava 450 passageiros passou por uma turbulência no espaço aéreo da Índia no sábado, três horas antes de chegar a Cingapura, segundo a porta-voz da companhia, Sophia Connoly. "O aviso para colocação do cinto de segurança havia sido ligado, mas alguns passageiros ainda estavam se movendo de volta a seus assentos", disse.

DANIELLE CHAVES, Agência Estado

08 de janeiro de 2012 | 12h16

Connoly informou que sete passageiros sofreram pequenos cortes e contusões. Quatro foram tratados no hospital de Cingapura e os outros em um centro médico. Todos já foram liberados. A aeronave recebeu permissão para voar depois de ser avaliada por engenheiros e o voo prosseguiu até Sydney, na Austrália, onde chegou neste domingo, com 24 horas de atraso.

O caso é o mais recente em uma série de incidentes da Qantas com o novo Airbus A380. Um avião A380 da Qantas fez um pouso de emergência em Cingapura em 2010 depois de um de seus motores se desintegrar. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Qantasaviãovooturbulênciaferidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.