Turca vence concurso Miss Mundo

A representante da Turquia, Azra Akin, foi eleita Miss Mundo no concurso de beleza que se realizou hoje em Londres. De família turca, Azra Akin foi criada na Holanda, tem cabelos castanhos frisados e pretende estudar arte e design. Gosta de correr, nadar, desenhar, ler e tocar flauta. O segundo e o terceiro lugares ficaram com candidatas sul-americanas. Natália Peralta, que estuda estomatologia, é a representante da Colômbia, e Marina Mora Montero é originária de uma pequena aldeia agrícola do Peru. O concurso de beleza, cuja realização estava prevista para a Nigéria, mas teve que ser transferido para Londres após motins religiosos que mataram mais de 200 pessoas, ocorreu sem incidentes no Alexandra Palace, edifício localizado ao norte de Londres. As jovens desfilaram em vestidos de noite multicoloridos para uma platéia de 500 pessoas. Os conflitos na Nigéria foram restultado de um artigo publicado no jornal ThisDay sobre o concurso Miss Universo. Um trecho do artigo diz que o profeta Maomé "certamente teria escolhido uma esposa entre as misses que chegaram à Nigéria". Com isso, deu-se início a uma verdadeira guerra entre cristãos e muçulmanos. A sucursal do jornal na cidade de Kaduna, foi incendiada. Antes disso, porém, grupos islâmicos já vinham se manifestando contra a realização do concurso de misses, pois, segundo eles, esse tipo de evento promove a promiscuidade e a indecência. Os organizadores chegaram a adiar o concurso para depois do Ramadã, mês sagrado de jejum e orações para os muçulmanos. Em Londres, o concurso teve que enfrentar a oposição de feministas, que diziam que os trajes das candidatas estavam manchados de sangue por causa das mortes na Nigéria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.