Turcos protestam contra visita do papa

Dezenas de turcos protestaram nesta terça-feira contra a visita do papa bento XVI, afirmando que ele não é bem-vindo. Muitos muçulmanos continuam revoltados pelo discurso de Bento XVI em setembro, vinculando o Islã à violência. Forças de segurança foram enviadas aos milhares para proteger o sumo pontífice. O protesto foi realizado do lado de fora da Diretoria de Assuntos Religiosos, a menos de 40 quilômetros do aeroporto onde o trazendo o papa aterrissou. Bento XVI planejava visitar a Diretoria mais tarde nesta terça-feira. Os manifestantes pertencem ao Memur-Sen, uma união conservadora de servidores públicos. "Você não é bem-vindo, papa", dizia um cartaz de protesto. Mustafa Kir, membro do escritório local da união, se dirigia aos manifestantes enquanto a polícia observava. "Esse papa não vem com boas intenções, esse convidado não merece respeito", disse Kir. "Ele veio aqui amaldiçoando nosso profeta e nosso livro". Cerca de 25 mil turcos se reuniram em Istambul no domingo para um protesto contra a visita do papa.

Agencia Estado,

28 Novembro 2006 | 12h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.