Turismo impediu alerta de terror em Las Vegas

Um ano após os atentados de 11 de setembro de 2001, o Departamento de Justiça dos EUA obteve vídeos de segurança que sugeriam um ataque terrorista contra Las Vegas, mas as autoridades evitaram avisar o público, preocupadas com a indústria do turismo e os custos dos seguros pagos pelos cassinos.O prefeito de Las Vegas diz que nunca ficou sabendo dos vídeos descobertos em Detroit e na Espanha em 2002, e que foi informado pelo FBI de que não há ameaças dignas de crédito contra a cidade. ?Se soubesse, teria avisado o público?, disse o prefeito Oscar Goodman. No entanto, memorandos e e-mails trocados entre procuradores federais, obtidos pela Associated Press, mostram que as autoridades de Las Vegas foram avisadas sobre o vídeo, e que policiais da região foram convidados para assisti-lo, mas a maioria se recusou. Um documento cita um promotor dizendo que o peefeito estava preocupado com o ?efeito deletério na indústria turística de Las Vegas? que o vídeo de Detroit poderia gerar se viesse a público.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.