Turista dinamarquesa é vítima de estupro na Índia

A polícia local disse que uma turista dinamarquesa relatou que foi vítima de um estupro em plena luz do dia próximo a área de comércio popular no centro de Nova Délhi.

Agência Estado

15 de janeiro de 2014 | 10h41

O porta-voz da polícia, Rajan Bhagat, disse que a mulher de 51 anos estava perdida e pediu ajuda a um grupo de homens. Segundo Bhagat, os homens a atraíram para longe, a estupraram e roubaram. O caso ocorreu ontem.

O dono do hotel em que a turista estava hospedada, Amit Bahl, disse que chamou a polícia e Embaixada da Dinamarca na noite de terça-feira noite, após a mulher ter voltado ao local. Um policial informou que a mulher pegou um voo de volta para seu país na manhã desta quarta-feira. Segundo um porta-voz da polícia, ninguém foi preso.

Em dezembro de 2012, um estupro coletivo seguido de morte provocou uma indignação generalizada com a violência sexual crônica na Índia e as falhas do governo para proteger as mulheres. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Índiaestuprodinamarquesaturista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.