Turista francês e seu motorista argelino são sequestrados no norte do Níger

Autores do sequestro ainda são desconhecidos; braço da Al-Qaeda atua na região

22 de abril de 2010 | 20h29

Reuters

 

NIAMEI- Um turista francês e seu motorista argelino foram sequestrados no norte do Níger, perto da fronteira do país africano com o Mali e a Argélia, afirmou uma fonte militar nigerina nesta quinta-feira, 22.

 

linkEspecial: As franquias da Al-Qaeda

 

O sequestro é o último em uma sequência de atentados na vasta região desértica, onde governos têm pouca presença e uma grande quantidade de bandidos, rebeldes, sequestradores e grupos ligados à Al-Qaeda operam.

 

"Um francês e um motorista argelino foram sequestrados na noite de quarta. O sequestro ocorreu próximo a Tiguidan Tessoun, que é equidistante da fronteira com a Algéria e o leste de Mali", disse a fonte, sob anonimato.

 

"Só pode ser um turista. Ele não declarou seu itinerário aos serviços de segurança. Nós estamos procurando por eles mas, por enquanto, não sabemos quem foi responsável pelo sequestro", completou o oficial.

 

Um funcionário do Ministério de Relações Exteriores francês afirmou que o governo estava checando os reportes, mas que no momento não podia fornecer mais detalhes.

 

Seis europeus foram sequestrados no ano passado em uma onda de sequestros na região. Os reféns frequentemente acabavam nas mãos da franquia da Al-Qaeda no norte da África, que tem aumentado suas atividades na zona do Sahara nos últimos meses. Desde então, quatro deles foram libertados, mas dois espanhóis ainda estão sob poder dos sequestradores.

Tudo o que sabemos sobre:
sequestroNígerAl-QaedaÁfricaSahara

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.