Turista taiuanês é diagnosticado com Sars no Japão

Os esforços de Taiwan para ser tirada da lista mundial das zonas infectadas pela Sars podem ter sofrido um revés nesta quinta-feira, após o governo japonês informar que um turista taiuanês desenvolveu sintomas da síndrome respiratória aguda severa durante sua viagem ao Japão.O ministério da Saúde japonês disse que o homem de 33 anos chegou a Tóquio no sábado e que apresentou os sintomas da penumonia atípica dois dias depois.O turista foi imediatamente hospitalizado, e o ministério japonês notificou ontem a Organização Mundial da Saúde sobre o ?provável? caso de Sars, disse o funcionário ministerial Akio Yoshioka.Na semana passada, a OMS suspendeu uma advertência contra viagens a Taiwan depois de a ilha comprovar que não estava exportando o vírus da penumonia asiática. A ilha também mostrou que o número de novos casos de Sars e de pacientes hospitalizados havia caída significativamente. Pelo décimo dia consecutivo, o governo de Taiwan relatou hoje a não-ocorrência de novos casos, e funcionários taiuaneses disseram ter dúvidas de que seu conterrâneo no Japão tenha adquirido a Sars. Também asseguraaram que Taiwan está dentro das condições estabelecidas pela OMS para ser retirada da lista.Ao mesmo tempo, a capital da China prepara-se para oferecer promoções, descontos e eventos especiais para reaquecer o turismo no país após controlar o surto de Sars, informou um funcionário municipal.Pequim está enfrentando uma queda de cerca de 40% em suas receitas com turismo este ano, disse Yu Changjiang, chefe do departamento de turismo da cidade. O próprio governo chinês havia desestimulado viagens internas a Pequim em busca de controlar o surto da enfermidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.