Turquia ainda resiste à entrada de tropas americanas

A Turquia rejeitou US$ 1 bilhão em petróleo da Arábia Saudita e do Kuwait, como parte da ajuda que está negociando com os Estados Unidos como compensação para os prejuízos que uma guerra no Iraque lhe trará, disse hoje o ministro da Economia, Ali Babacan.Em troca da autorização para a entrada de tropas norte-americanas no país, a Casa Branca propôs US$ 26 bilhões em empréstimos e ajuda econômica. O primeiro-ministro Abdullah Gul quer mais. Gul disse que já há "entendimento mútuo", mas não pressionará o Parlamento para aprovar a entrada das tropas.A indefinição está irritando os Estados Unidos. O uso do território turco por tropas americanas para abrir um front setentrional no Iraque é um ponto-chave nos planos de guerra de Washington.A esmagadora maioria dos turcos - algumas pesquisas dizem que 94% - é contra uma guerra e o governo da Turquia está receoso em tomar a decisão de permitir a entrada das tropas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.