Turquia ameaça congelar relações com União Europeia

Istambul, 18 - A Turquia congelará suas relações com a União Europeia (UE) se o Chipre assumir a presidência rotativa do bloco europeu em 2012, antes que seja assinado um acordo de paz entre gregos e turcos na dividida ilha do Leste do Mediterrâneo, alertou o vice-primeiro-ministro turco, Besir Atalay.

Agência Estado

18 Setembro 2011 | 21h12

"Se as negociações não tiverem um final positivo e a UE entregar a presidência ao sul do Chipre, a grande crise será entre a UE e a Turquia. Isso porque nós congelaremos nossa relação com a UE", disse Atalay em declarações reproduzidas pela agência estatal turca Anatólia.

Ancara não reconhece o governo cipriota, enquanto a UE não reconhece a República Turca do Norte do Chipre. A República do Chipre, habitada pelos gregos cipriotas, deverá assumir a presidência rotativa da UE em julho de 2012. As informações são da Dow Jones. (André Lachini)

Mais conteúdo sobre:
Turquia União Europeia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.