Turquia busca autorização para enviar tropas ao Iraque

O governo da Turquia concordou em buscar a aprovação do Parlamento para o envio de soldados ao Iraque e aliviar a tarefa de tropas dos EUA no país - uma medida que provavelmente ajudaria a reparar os laços com os Estados Unidos, abalados desde que a Turquia rejeitou um pedido para abrigar tropas americanas na guerra no Iraque.Mas o envio de tropas é impopular na Turquia e a aprovação parlamentar pode ser difícil. O primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan deve falar amanhã com membros do seu partido numa tentativa de persuadir os parlamentares a votar pelo envio das tropas. O porta-voz do governo, Cemil Cicek, adiantou que a votação pode ocorrer já amanhã. Ele não revelou quantos soldados seriam despachados, mas autoridades disseram que os EUA pediram cerca de 10.000 homens.Se aprovado o pedido, a Turquia viria a ser o primeiro país majoritariamente muçulmano a contribuir com tropas para o Iraque. Os EUA buscam soldados tanto da Turquia quanto da Índia, Paquistão e Coréia do Sul para reforçar seus 130.000 soldados no Iraque. A Turquia é o único membro muçulmano da Otan, e Washington gostaria de ver tropas de países islâmicos em missão de paz no Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.