Turquia: crescimento pode ficar abaixo da meta de 4%

O crescimento da economia turca pode ficar um pouco abaixo da meta de 4% do governo para este ano, mas uma revisão não é necessária no momento, disse hoje o presidente do Banco Central da Turquia, Erdem Basci.

AE, Agência Estado

17 de abril de 2014 | 14h09

"Pode não haver uma grande desaceleração da demanda doméstica como a esperada. Até agora, vemos indicadores sugerindo que o crescimento econômico pode ficar pouco abaixo de 4% este ano", afirmou.

Segundo ele, a taxa de inflação do país chegará a um pico em maio antes de começar a cair em junho. A taxa subiu para 8,39% em março, de 7,89% em fevereiro. O dirigente acrescentou que a inflação pode ficar acima da meta de 5% este ano e que o banco central pode revisar sua previsão para a inflação em seu próximo relatório, que será divulgado em 30 de abril.

Em janeiro, o BC turco elevou sua previsão de inflação para 2014 de 5,3% para 6,6% devido à lira mais fraca e à alta dos preços dos alimentos. A instituição aumentou fortemente as taxas de juros em janeiro e mais que dobrou sua taxa básica para 10% visando apoiar a lira e aliviar pressões inflacionárias. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Turquiacrescimentobanco central

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.