Turquia deve aumentar importação de gás da Rússia

Ancara, 21/04/2014 - O ministro de Energia da Turquia, Taner Yildiz, informou nesta segunda-feira que o país chegou a um acordo "inicial" com a Rússia para aumentar o envio de gás natural por meio do gasoduto Blue Stream. A capacidade do duto, que atravessa o Mar Negro, será elevada de 16 bilhões de metros cúbicos para 19 bilhões de metros cúbicos.

Agência Estado

21 de abril de 2014 | 10h09

"Nós atingimos um acordo, em princípio, com a Federação Russa", disse Yildiz, segundo noticiado pelo jornal Hurryet, acrescentando que um novo contrato pode ser assinado com Moscou para comprar gás "a um preço razoável", com a participação do setor privado. O ministro deve se encontrar ainda hoje com o vice-diretor da estatal russa de gás, a Gazprom, Alexander Medvedev.

A Turquia, que dispõe de parcas fontes de energia, depende fortemente do gás e petróleo importados da Rússia. Na semana passada, Yildiz disse que iria pedir um desconto no preço do gás comprado dos russos, mas não deu detalhes sobre o assunto. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaTurquiagás

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.