Turquia deve continuar buscando adesão à UE, diz Blair

O primeiro-ministro do Reino Unido, Tony Blair, insistiu neste sábado em Ancara na importância de a Turquia continuar tentando conseguir a adesão à União Européia (UE), "apesar dos obstáculos que pode encontrar no caminho"."Apesar das dificuldades que a adesão da Turquia à UE enfrenta, éimportante (que Ancara) continue as tentativas para consegui-la",afirmou Blair em entrevista coletiva conjunta com seu homólogoturco, Recep Tayyip Erdogan.A Turquia recebeu no último dia 11 uma advertência da UE, quedecidiu suspender oito dos 35 capítulos da negociação e não fecharnenhum até que o país cumpra o compromisso que adquiriu em 2005, deabrir seus portos e aeroportos ao Chipre ao assinar o protocoloadicional ao acordo alfandegário de Ancara.Blair insistiu que a posição de seu país sempre foi "de apoio"à adesão da Turquia à UE e que "apesar de oito dos capítulos teremsido suspensos, há outros 27 que estão abertos (às negociações)"."Agora temos que olhar para frente. A UE tomou uma decisão.Podemos enviar uma mensagem positiva à Turquia se forem abertosrapidamente alguns dos 27 capítulos, inclusive até o fim do ano",disse o primeiro-ministro do Reino Unido.Sobre o isolamento dos turco-cipriotas, Blair destacou que seupaís "é a favor de fazer vôos diretos de Londres ao aeroportoturco-cipriota de Eran" e disse que a situação legal desta opçãoestá sendo investigada."Se não houver obstáculos legais, isso será um passo positivopara a Turquia", acrescentou Blair.O primeiro-ministro iniciou em Ancara uma viagem que o levará aEgito, Israel, territórios palestinos e Emirados Árabes Unidos nospróximos dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.