Rauf Maltas/Anadolu/Reuters
Rauf Maltas/Anadolu/Reuters

Turquia dispara contra a Síria após ataque com morteiro matar 5

Otan fará reunião de emergência para discutir ataque feito a partir da Síria

estadão.com.br,

03 de outubro de 2012 | 16h14

Texto atualizado às 16h44

 

ANCARA - O Exército da Turquia bombardeou alvos na Síria nesta quarta-feira, 3, depois que um morteiro disparado a partir de território sírio matou cinco pessoas de uma mesma família na Turquia. A informação, divulgada por um canal local de TV, foi confirmada em um comunicado pelo escritório do premiê turco Tayyip Erdogan.

 

Veja também:

linkEUA estão indignados com ataque sírio à Turquia, diz Hillary

linkMorteiro da Síria mata cinco pessoas de uma família na Turquia

 

"Este ataque foi uma resposta imediata de nossas forças armadas (...) que bombardearam, ao longo da fronteira, alvos identificados por radar", afirmou Erdogan no comunicado. "A Turquia nunca deixará sem resposta provocações desse tipo do regime sírio contra a nossa segurança nacional", afirma o documento.

 

O chanceler turco, Ahmet Davutoglu, conversou por telefone sobre o ataque com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e com ministros de Exteriores de "diversos países" integrantes do Conselho de Segurança, segundo a Reuters.

 

Reunião de emergência

 

Os países integrantes da Otan anunciaram que farão uma reunião de emergência para discutir os disparos feitos a partir da Síria contra a Turquia. Davutoglu falou mais cedo também com o secretário-geral da Aliança, Andres Fogh Rasmussen. Erdogan anunciou que "decidiu-se que a Otan reunirá seu Conselho muito em breve".

 

Aguarde mais informações  

Tudo o que sabemos sobre:
Primavera ÁrabeSíriaTurquia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.