Turquia diz opor-se a ataque dos EUA no Iraque

O presidente da Turquia, Ahmet Necdet Sezer, disse opor-se ao ataque "unilateral" dos EUA contra o Iraque, informou a agência de notícias Anatolia. A declaração foi feita horas antes do Parlamento turco votar lei que abrirá o espaço aéreo do país às forças norte-americanas. A proposta não prevê a utilização das bases aéreas turcas pelos aliados na guerra contra o Iraque.Sezer disse que não considera correta a ação unilateral dos EUA. Ele afirmou manter sua posição de que qualquer ofensiva deveria ter legitimidade internacional. O presidente não tem poder para vetar qualquer resolução aprovada pelo Parlamento e sua função é apenas figurativa.Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.