Turquia vai investigar violações de direitos humanos contra curdos

Foto postada em rede social neste domingo, 4, mostrou um corpo sendo arrastado por um carro das forças de segurança do país

O Estado de S. Paulo

04 Outubro 2015 | 14h09

O Ministério do Interior da Turquia anunciou o início das investigações sobre possíveis violações dos direitos humanos, após uma imagem postada em redes sociais mostrar um cadáver sendo arrastado por um veículo de segurança ao longo de uma rua no sudeste do país. Forças de segurança turcas estão em combates contra militantes curdos.

A fotografia foi postada no Twitter neste domingo, 4, e compartilhada por Selahattin Demirtas, líder do partido político pró-curdo da Turquia. No comunicado, o Ministério do Interior afirma que as alegações de abuso serão plenamente investigadas. O governo diz ainda que a determinação é que a luta contra os rebeldes curdos continue "dentro dos princípios da lei".

Os rebeldes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão buscam autonomia para os curdos, e os combates com as forças de segurança turcas se intensificaram nos últimos meses, quebrando um frágil processo de paz que estava em andamento. (Com informações da Associated Press).

Mais conteúdo sobre:
Turquia curdos guerra direitos humanos

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.