Turquia identifica 2 terroristas suicidas do atentado em Istambul

A agência oficial 'Anadolu' identificou os homens-bomba como Rakim Bulgarov e Vadim Osmanov; os dois teriam passaporte russo, segundo o jornal Hürriyet

O Estado de S. Paulo

01 de julho de 2016 | 15h00

ISTAMBUL - A Polícia da Turquia identificou dois dos três jihadistas que na terça-feira provocaram o atentado suicida no aeroporto Atatürk de Istambul, que causou 44 mortos e 239 feridos, informou nesta sexta-feira, 1º, a agência "Anadolu". Os nomes dos dois terroristas identificados são Rakim Bulgarov e Vadim Osmanov, afirmou a agência.

A identidade do segundo pôde ser averiguada por uma fotocópia de seu passaporte que entregou quando assinava o contrato de aluguel da casa no bairro de Fatih, em Istambul, que serviu de local de reunião para os terroristas.

Em um contêiner próximo a esta casa foi achado um computador em parte destroçado, supostamente jogado pelos jihadistas, cujo conteúdo a Polícia agora tenta recuperar, acrescentou a "Anadolu".

O jornal turco Hürriyet informou que os dois terroristas identificados tinham passaporte russo, apesar de ontem esse meio ter informado que um era cidadão do Uzbequistão, outro do Quirguistão e só o terceiro da Rússia, concretamente oriundo da República Autônoma Daguestão, de maioria muçulmana no Cáucaso oriental. / EFE

Tudo o que sabemos sobre:
TurquiaTerrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.