Turquia intercepta avião de passageiros da Síria

A Força Aérea da Turquia interceptou um avião de passageiros que ia em direção à Síria vindo de Moscou e forçou-o a pousar nesta quinta-feira. A imprensa local disse que a aeronave estava carregando aparatos de comunicação militar, como rádios, antenas e "e equipamentos suspeitos de serem partes de mísseis", reportou o jornal Yeni Safak.

AE, Agência Estado

11 de outubro de 2012 | 08h53

Em resposta, a Síria acusou Ancara de "comportamento hostil e repreensivo" e afirmou que o incidente é "mais um sinal das políticas hostis do governo de Erdogan, que abriga rebeldes e bombardeia o território sírio", afirmou o Ministério de Relações Exteriores do país, referindo-se ao primeiro-ministro turco Recep Tayyip Erdogan.

O avião da Syrian Arab Airlines levava 37 passageiros e continuou viagem para Damasco após algumas horas, mas sem a carga. A Rússia exigiu explicações sobre o incidente e o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Alexander Lukashevich, disse que o país preocupa-se que "a vida e a segurança dos passageiros, entre eles 17 cidadãos russos, tenham sido colocadas em perigo."

A hostilidade entre Síria e Turquia vem aumentando nos últimos dias, com trocas de disparos de artilharia e morteiros na fronteira entre as duas. As informações são da Associated Press e Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
TurquiaSíriaavião

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.