Turquia investiga explosões que feriram 189 pessoas

O ministro turco do Interior, Abdulkadir Aksu, ordenou uma investigação sobre as explosões em um posto de gasolina de Ancara, na Turquia, que deixaram, no sábado, 189 pessoas feridas. O posto foi atingido por três ou quatro explosões enquanto um caminhão descarregava combustível em um tanque. A seguir, houve um grande incêndio, que alcançou o salão de festas sobre o posto que tinha cerca de 300 pessoas naquele momento celebrando um casamento. "Concentraremos nossa investigação no tanque de gasolina e de outros combustíveis da área", afirmou o ministro. Explosões em postos não são raras na Turquia, onde muitas construções são erguidas sem autorização legal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.