Turquia mantém ataques a rebeldes curdos no Iraque

O Parlamento da Turquia prorrogou por mais um ano a autorização para que o exército promova ações militares contra rebeldes curdos baseados no norte do Iraque.

AE, Agência Estado

10 de outubro de 2013 | 11h57

A prorrogação da medida pelo Parlamento ocorre em um momento no qual as negociações para encerrar quase 30 anos de guerra entre governo e rebeldes atravessam um momento delicado.

No mês passado, os rebeldes curdos suspenderam os planos de retirada do território turco. Eles acusaram a Turquia de não cumprir a promessa de conceder mais direitos à minoria.

Líderes políticos curdos consideraram que o pacote de reformas anunciado pelo primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan ficou aquém das expectativas.

A Turquia ataca com relativa frequência alvos no norte do Iraque, onde rebeldes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK, por suas iniciais em curdo) mantêm suas bases. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
TurquiaIraquecurdos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.