Turquia prepara campos para receber mais 40 mil sírios

A Turquia se prepara para abrir novos campos para abrigar 40 mil refugiados que escapam da guerra civil na Síria, disse nesta terça-feira um funcionário à agência turca de notícias Anatólia. A Turquia já abriga 80 mil refugiados sírios registrados, que vivem em acampamentos ao longo dos 910 quilômetros da fronteira entre os dois países, e pretende aumentar a capacidade para 120 mil refugiados nos próximos dez dias, disse o funcionário da gestão de Desastres e Emergências da presidência da Turquia.

AE, Agência Estado

28 de agosto de 2012 | 18h53

Um campo, que abrigará 10 mil refugiados, foi aberto nesta terça-feira na província sulista de Gaziantep, e dois outros campos, que abrigarão 20 mil refugiados, serão abertos no final de semana nas províncias de Kahramanmaras e Osmaniye, disse o funcionário. Um quatro acampamento será aberto na primeira semana de setembro da província de Adiyaman.

O governo turco afirma que já gastou US$ 300 milhões para abrigar e alimentar os refugiados sírios, que fogem da guerra civil, que começou em março de 2011 quando estourou a revolta dos insurgentes contra o presidente Bashar Assad. A chancelaria turca pediu à comunidade internacional que envie recursos para auxiliar o país a socorrer os refugiados, mas o país ainda não recebeu "nenhuma ajuda material", disse o funcionário.

Políticos e líderes turcos disseram várias vezes que o país possuía capacidade para abrigar no máximo 100 mil refugiados sírios. Mas a gestão de Desastres da presidência disse que continuará a atender os refugiados, apesar das declarações de que a capacidade máxima era de 100 mil pessoas.

As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.