Turquia reforça tropas na fronteira com o Iraque

O Exército da Turquia enviou centenas de caminhões carregando tanques, ambulâncias e jipes para a fronteira com o Iraque nesta sexta-feira, numa aparente preparação para o caso de um ataque liderado pelos Estados Unidos contra Badgá.Mais de mil soldados também partiram na direção da fronteira, a bordo de vários ônibus.O deslocamento militar transcorre em meio ao aumento da tensão entre o governo turco e os curdos iraquianos, que vivem numa região autônoma no norte do país vizinho, próxima à fronteira com a Turquia.Tanto os turcos quanto os curdos iraquianos seriam importantes aliados dos Estados Unidos em uma eventual guerra contra o Iraque.Os curdos já ameaçaram resistir a qualquer incursão de tropas turcas.O subsecretário de Estado dos EUA Marc Grossman alertou à Turquia nesta sexta-feira que não envie soldados ao norte do Iraque sem a formação de uma coalizão."Somos contrários a qualquer ação unilateral da Turquia no norte do Iraque", disse Grossman, em entrevista à CNN Turca.Cerca de 300 caminhões e 200 outros veículos deixaram na manhã de hoje acampamentos militares na província de Sanliurfa, no sudeste do país, e partiram em direção à fronteira, disseram fontes militares.O governo da Turquia informou que o objetivo da mobilização é evitar o fluxo em massa de refugiados pela fronteira e a criação de um Estado curdo independente, se o Iraque se desintegrar.Durante a Guerra do Golfo, em 1991, centenas de milhares de refugiados atravessaram a fronteira com a Turquia. Ancara teme ainda que a eventual independência dos curdos no norte do Iraque estimule os curdos da Turquia a buscarem a secessão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.