Turquia responde a disparos vindos da Síria

O confronto entre Síria e Turquia foi retomado na tarde desta quinta-feira, após soldados turcos afirmarem que 15 tiros foram disparados contra um veículo blindado que patrulhava a região de fronteira entre os dois países. Segundo eles, os sírios são responsáveis pelo ataque. Ninguém foi ferido.

Agência Estado

30 Maio 2013 | 15h56

Os repetidos ataques turcos à Síria são uma resposta aos bombardeios e morteiros que caíram na Turquia. Em contrapartida, o incidente desta quinta-feira marca a primeira vez que o exército sírio responde com tiros.

Os dois países já foram aliados, mas o governo turco se tornou um dos mais fervorosos críticos ao regime do presidente sírio Bashar Assad. A Turquia é um dos principais apoiadores dos rebeldes sírios, além de oferecer asilo a soldados desertores do exército desse país.

A Turquia culpa a Síria por dois carros-bomba que explodiram na região de fronteira com a cidade de Reyhanli no dia 11 de maio, matando 52 pessoas. A Síria nega envolvimento no caso. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
TurquiaSíriadisparos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.