Damon Winter/The New York Times
Damon Winter/The New York Times

Turquia tira imunidade parlamentar de deputados curdos

Medida abre caminho para partido de Erdogan caçar mandato de parlamentares que defendem a independência do Curdistão

O Estado de S. Paulo

20 Maio 2016 | 15h50

ANCARA - O Parlamento da Turquia eliminou nesta sexta-feira, 20, a imunidade parlamentar para os deputados que estejam sendo investigados, ao aprovar uma emenda legal que afetará principalmente os legisladores da esquerda pró-curda.

O Parlamento aprovou a mudança constitucional com o voto a favor de 376 deputados, superando os dois terços de um plenário de 550 cadeiras, maioria necessária para que a emenda seja aplicada diretamente sem necessidade de realizar um plebiscito.

Passado o trâmite parlamentar, assim que o presidente turco, o projeto deve entrar em vigor com a assinatura do presidente Recep Tayyip Erdogan e deve afetar 50 deputados (de um total de 59) do partido pró-curdo HDP, o qual o governo e Erdogan acusam de ser o braço político da guerrilha PKK. / EFE

Mais conteúdo sobre:
TuquiacurdosRecep Erdogan

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.