Turquia vai contestar bloqueio de Gaza em Haia

O ministro das Relações Exteriores da Turquia, Ahmet Davutoglu, disse que seu país está preparando a abertura de um processo contra o bloqueio que Israel impõe sobre Gaza no Tribunal Internacional de Justiça, com sede em Haia, na Holanda.

AE-AP, Agência Estado

03 Setembro 2011 | 12h56

Davutoglu disse que a Turquia não reconhece o bloqueio e vai iniciar os procedimentos para contestar sua legalidade em Haia na próxima semana.

Os comentários do chanceler neste sábado foram feitos um dia depois de a Turquia ter decidido expulsar o embaixador de Israel e ter cortado os laços militar com o país por causa de sua recusa em se desculpar pelo ataque com vítimas fatais no ano passado à flotilha que levava ajuda com destino à Gaza. A ação estressou mais as relações entre os dois antigos aliados.

Em entrevista à televisão estatal TRT, Davutoglu criticou um relatório das Nações Unidas, segundo o qual o bloqueio naval de Israel contra Gaza foi legalmente imposto como uma medida legítima de segurança. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Turquia Israel Gaza

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.