TV é alvo de multas e processos

Uma série de processos jurídicos e administrativos foi aberta contra a Globovisión nos últimos meses. Em junho, a TV foi multada em US$ 3,1 milhões por sonegar impostos sobre mensagens institucionais entre 2002 e 2003. A Globovisión lançou uma campanha para arrecadar nas ruas o dinheiro para pagar o que devia e a multa foi aumentada para US$ 4 milhões. Em abril, o chanceler venezuelano, Nicolás Maduro, acusou a Globovisión de "terrorismo midiático" por ter divulgado a intensidade de um terremoto em Caracas com base em informações do Serviço Geológico dos EUA e não de autoridades venezuelanas. Segundo a Comissão Nacional de Telecomunicações, por causa disso, a TV pode ser tirada do ar por 72 horas ou até definitivamente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.