Reprodução - VTV
Reprodução - VTV

TV estatal da Venezuela transforma Maduro no 'Super Bigode' em série animada

Primeiro episódio mostra o presidente salvando o país de um apagão causado pelo líder dos EUA

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de dezembro de 2021 | 15h00

CARACAS - O presidente Nicolás Maduro ganhou nova roupagem e novos poderes em uma série animada da televisão estatal da Venezuela (VTV). Com roupa vermelha e azul, uma capa igual a do Super-Homem e um braço de ferro, além de um boné vermelho com a bandeira do país, Maduro se torna o Super Bigode, um herói que ajuda o povo venezuelano a escapar das "armadilhas" montadas por seus adversários internos e externos.

O nome do herói veio do próprio presidente, que, em 2019, usou a expressão em meio a uma crise com o Equador, quando foi acusado de estar por trás de protestos no país vizinho pelo então presidente Lenín Moreno.

"Lenín Moreno disse que o que está ocorrendo no Equador (uma revolta política na época) é minha culpa. Eu mexo meus bigodes e um governo cai. Agora, estou pensando qual o governo que vou derrubar com os meus bigodes. Vejam, são super bigodes. Eu não sou o Super-Homem, sou o Super Bigode".

O programa de estréia teve duração de pouco mais de um minuto e mostrou o Super Bigode salvando o país de um apagão causado pelo líder dos Estados Unidos - na animação a referência é feita ao ex-presidente Donald Trump já que o líder americano tem um grande topete loiro. O vilão dispara um avião que causa um apagão na Venezuela.

No episódio, os opositores de Maduro Julio Borges e Henry Ramos aparecem como galinhas, que explicam ao presidente dos EUA terem tentado de tudo para derrubar o governo Maduro ao serem questionados sobre como o governo de "um simples motorista de caminhão" continua de pé. "Armadilhas, mentiras, fraudes, OEA, mas nada (funcionou)", dizem os dois opositores na animação. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.