TV peruana exibe imagens de linchamento de ladrão

A televisão estatal peruana transmitiu imagens de moradores de uma vila da região do lago Titicaca jogando gasolina sobre um homem acusado de roubo, e em seguida queimando-o vivo. Alejandro Noalca Mamani, de 54 anos, morreu de queimaduras sofridas em 85% do corpo, de acordo com comunicado do hospital de Juliaca, 820 km ao sudeste da capital. O noticiário local diz que Noalca Mamani foi pego em flagrante tentando roubar um botijão de gás de cozinha.

Agencia Estado,

07 Outubro 2004 | 17h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.