Ucrânia: 13 soldados morrem em confronto com rebeldes

A Ucrânia disse que 13 de seus soldados foram mortos e 20 ficaram feridos em um combate com as forças separatistas apoiadas pela Rússia durante as últimas 24 horas.

Estadão Conteúdo

01 de fevereiro de 2015 | 12h13

O porta-voz do Conselho de Segurança, Vladimir Polevoi, disse neste domingo que ainda estão ocorrendo combates violentos pelo controle de Debaltseve, um centro ferroviário do governo que os rebeldes precisam para consolidar ainda mais seu controle no leste da Ucrânia. O porta-voz afirmou que os separatistas estavam atacando vários vilarejos em torno de Debaltseve.

Um jornalista viu mais de uma dúzia de tanques ucranianos e outros veículos militares pesados, incluindo um lançador de foguetes, se dirigindo para Debaltseve, neste domingo. Um mês de relativa calma foi quebrado no leste da Ucrânia no início de janeiro à medida que os separatistas tentavam recuperar um território adicional do governo. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
UcrâniaMortesSoldados

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.