Ucrânia abriu nova página na história, diz Yanukovych

A Ucrânia abriu uma nova página em sua história com a eleição presidencial de hoje, afirmou o candidato Viktor Yanukovych depois que pesquisa de boca de urna indicou sua vitória contra a primeira-ministra Yulia Tymoshenko. "Farei tudo para garantir que os cidadãos da Ucrânia - independentemente da região em que vivem - se sintam confortáveis e calmos em um país estável", declarou Yanukovich a seus apoiadores em Kiev.

FILIPE DOMINGUES, Agencia Estado

07 de fevereiro de 2010 | 21h09

"Agradeço a Deus por nos ter permitido que abríssemos uma nova página na história de nosso país", disse. "Não podemos procurar inimigos em nosso país ou em nossa política. Precisamos nos unir e combater inimigos como a pobreza, a irresponsabilidade e a corrupção. Precisamos construir um Estado forte e de sucesso."

Ele acrescentou que a primeira-ministra Yulia Tymoshenko deverá renunciar a seu posto, o que significa que Yanukovych escolherá seu próprio candidato para substitui-la. Tymoshenko "precisa se preparar para renunciar", pois "irei propor a candidatura de um primeiro-ministro com quem eu goste de trabalhar", observou. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Ucrâniaeleição

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.