Ucrânia aprova polêmico projeto de lei e gera confrontos em frente ao Parlamento

O Parlamento da Ucrânia aprovou nesta segunda-feira um projeto de lei que dará mais autonomia ao leste separatista pró-Rússia do país. Diante disso, confrontos entre a polícia e centenas de manifestantes eclodiram em frente ao Parlamento na capital, Kiev. Segundo o Ministério do Interior, cerca de 100 policias ficaram feridos em uma explosão, 10 deles em estado grave.

Estadão Conteúdo

31 de agosto de 2015 | 11h08

A descentralização do poder era uma condição para uma trégua assinada em fevereiro que visa acabar com os combates entre as tropas do governo ucraniano e separatistas pró-Rússia que deixaram mais de 6.800 mortos. No entanto, muitos ucranianos se opõem a mudar a Constituição, dizendo que ameaça a soberania e independência do país.

Um total de 265 deputados no Parlamento, de 450 assentos, votaram nesta segunda-feira para aprovar as alterações propostas pelo presidente ucraniano, Petro Poroshenko. Três partidos estavam da coalizão majoritária no Parlamento, no entanto, se opuseram às mudanças constitucionais, que enfrentarão uma votação final na terça-feira. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Ucrâniaaprovaçãoprojetoconfrontos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.