Ucrânia: boca-de-urna aponta vitória da oposição

A pesquisa de boca-de-urna feita pela agência Interfax-Ucrânia, aponta como vencedor das eleições no país o Partido das Regiões (PR, opositor), embora a legenda não deva obter a maioria necessária para poder formar o governo. De acordo com a enquete, divulgada em Moscou e realizada nas seções eleitorais de todas as capitais regionais ucranianas, o PR obteria 34,3% dos votos. Em seguida, encontra-se o "Nossa Ucrânia", do presidente Viktor Yushchenko, e o Bloco de Yulia Timoshenko, sua principal aliada durante a Revolução Laranja e que depois liderou seu primeiro gabinete até ser destituída em meio a denúncias de corrupção. As duas forças estão empatadas, cada uma com o apoio de 21,1% dos entrevistados. O Partido Socialista da Ucrânia se situa no quarto lugar, com 6,5%. Já 3,7% dos entrevistados disse ter votado pelo partido "Oposição Popular". As demais forças, de acordo com a pesquisa, não superam por enquanto a barreira de 3% dos votos que dá acesso à Rada Suprema, o Parlamento unicameral da Ucrânia. Os analistas indicam, no entanto, que a votação nas zonas rurais pode modificar a correlação a favor da Nossa Ucrânia, do Partido Socialista, do Partido Comunista e do Bloco Popular de Volodymyr Lytvyn, atual presidente do Legislativo. A enquete dá ao Partido Comunista 2,6% dos votos, ao bloco opositor "Ne tak" ("Assim não") 2,2%, e ao Bloco Popular 1,6%. Para poder formar governo, é preciso obter o apoio de mais de 50% dos deputados da Rada.

Agencia Estado,

26 Março 2006 | 16h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.