Ucrânia emite alerta aéreo sobre ameaça de ataque com mísseis

Ucrânia emite alerta aéreo sobre ameaça de ataque com mísseis

Mensagem pede para que moradores sigam para os alojamentos de proteção 

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de março de 2022 | 03h15

Um alerta aéreo sobre ameaça de ataque com mísseis foi enviado na manhã de quarta-feira, 9, em Kiev, capital da Ucrânia, e nos arredores. A mensagem pedia para que os moradores fossem para os alojamentos antiaéreos o mais rápido possível.

"Região de Kiev - alerta aéreo. Ameaça de ataque com mísseis. Todos imediatamente para abrigos", disse Oleksiy Kuleba, chefe da administração regional, através do aplicativo de mensagens Telegram.

Quase duas semanas após a invasão, as tropas russas avançaram profundamente ao longo da costa do país. A cidade de Mariupol, que fica no mar de Azov, está cercada por soldados russos há dias e uma crise humanitária está se desenrolando na cidade cercada de 430.000 habitantes.

Durante dias, enquanto as forças de Moscou cercavam cidades ucranianas, as tentativas de criar corredores para evacuar civis com segurança tropeçaram em meio aos combates contínuos.

Contudo, a Rússia disse estar pronta para fornecer estes corredores humanitários nesta quarta-feira, 9. Segundo Mikhail Mizintsev, chefe do Centro de Controle de Defesa Nacional da Rússia, as forças do país "observariam um regime de silêncio" a partir das 10h em Moscou (04h em Brasília) para garantir a passagem segura de civis que desejam deixar Kiev, Chernihiv, Sumi, Kharkiv e Mariupol.

Em todo a Ucrânia, acredita-se que milhares de pessoas foram mortas, civis e soldados, em quase duas semanas de combates. As forças russas viram seus avanços interrompidos em certas áreas _ incluindo em torno de Kiev, a capital _ por uma resistência mais feroz do que o esperado dos ucranianos. /REUTERS e AP 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.