Ucrânia faz corredores humanitários para civis deixarem áreas do leste

Comando militar ucraniano abrirá os corredores, que funcionarão por 4 horas, em Luhansk, Donetsk e Gorlovka

O Estado de S. Paulo

04 de agosto de 2014 | 10h10

KIEV - O comando militar ucraniano anunciou nesta segunda-feira, 4, a abertura de corredores humanitários para que a população possa abandonar as cidades de Luhansk, Donetsk e Gorlovka, atualmente sob o controle das milícias separatistas pró-russas.

Os corredores humanitários, um para cada uma das três cidades, estarão abertos entre as 10 horas e 14 horas (4 horas e 8 horas pelo horário de Brasília), informa um comunicado do comando das forças ucranianas que atuam contra os separatistas no leste do país.

Segundo a nota, cada corredor tem uma rota claramente estabelecida e no período de seu funcionamento as tropas ucranianas não abrirão fogo a menos de 200 metros ao longo de todo seu percurso.

"O distintivo para a população civil será uma bandeira branca para grupos de pessoas e um bracelete branco para cada cidadão", acrescenta o comunicado, acrescentando que quem sair pelos corredores humanitários poderá levar consigo seus pertences. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.