Ucrânia negocia com credores reestruturação da dívida

O governo da Ucrânia realizou conversas informais com credores privados sobre a possibilidade de estender os vencimentos de sua dívida para ajudar o país a ganhar espaço de manobra para consertar sua economia, afirmou nesta quinta-feira o Instituto Internacional de Finanças (IIF).

Agência Estado

19 de junho de 2014 | 14h42

Lubomir Mitov, economista sênior do IIF, afirmou que as discussões visam determinar que tipo de reestruturação de bônus seria possível se a crise econômica na Ucrânia piorar. O IIF representa mais de 450 dos maiores bancos, hedge funds, fundos de pensão e companhias financeiras privadas do mundo.

Segundo Mitov, porém, nenhuma reestruturação de dívida está sendo planejada. Isso se deve parcialmente ao fato de que ainda não está claro o que a Ucrânia precisará fazer, já que o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o governo do país ainda avaliam as medidas que precisam ser tomadas. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Ucrâniadívida

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.