Ucrânia: Obama discute crise com líderes europeus

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deu continuidade a suas conversas com líderes mundiais sobre a Ucrânia neste sábado, mesmo durante período de férias na Flórida. Obama realizou conversas individuais com o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, o primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, e o presidente da França, François Hollande. Ele também realizou uma teleconferência com o presidente da Letônia, Andris Berzins, a presidente da Lituânia, Dalia Grybauskaite, e o presidente da Estônia, Toomas Hendrik Ilves.

AE, Agência Estado

08 de março de 2014 | 21h42

Na teleconferência, Obama reafirmou o "compromisso inabalável" dos Estados Unidos com as medidas de defesa coletiva no âmbito da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e o "duradouro apoio para segurança e democracia a nossos aliados bálticos", informou a Casa Branca. Em suas conversas com Cameron, Hollande e Renzi, Obama saudou a posição unificada dos Estados Unidos e da União Europeia sobre as ações russas na Ucrânia, incluindo da parte do Conselho Europeu, que é composto de líderes da UE. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Ucrâniaobamaeuropatelefone

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.