Ucrânia: Oposição fala em possível fim da violência

Líderes de oposição ao governo da Ucrânia saíram otimistas de uma reunião com o presidente Viktor Yanukovich e acreditam que são elevadas as chances de se chegar a um acordo capaz de pôr fim à violência que convulsiona o país.

AE, Agência Estado

23 de janeiro de 2014 | 19h41

Olha Lappo, porta-voz do líder oposicionista Arseniy Yatsenyuk, escreveu o comentário em sua página no Facebook na noite de hoje, após uma extensa reunião de Yanukovych com representantes da oposição.

Ontem, a oposição deu um prazo de 24 horas para a demissão de todos os integrantes do atual governo, a convocação de eleições antecipadas e a revogação da lei que impede as manifestações, questão que levou aos atos violentos dos últimos dias.

O governo ainda não se pronunciou sobre a reunião de hoje. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
UcrâniaprotestooposiçãoYanukovich

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.