Ucrânia: rebelde está pronto para estender cessar-fogo

Um líder insurgente do leste da Ucrânia afirmou que seu grupo está pronto para estender o cessar-fogo acordado com o governo e que em breve irá libertar o grupo de observadores europeus que estão sequestrados há semanas.

AE, Agência Estado

27 de junho de 2014 | 13h05

O auto-declarado primeiro-ministro da República Popular de Donetsk, Alexander Borodai, afirmou também que os rebeldes vão libertar quatro observadores da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) "nos próximos dias". A declaração de Borodai foi feita depois de uma reunião dele com Poroshenko, o embaixador da Rússia na Ucrânia e um enviado da OSCE.

As negociações na cidade oriental de Donetsk ocorreu no mesmo dia em que o cessar-fogo declarado pelo presidente ucraniano, Petro Poroshenko, deve expirar.

No encontro, Borodai exigiu que as tropas ucranianas se retirem do leste do país e afirmou que os insurgentes não Iram sair dos postos de controle que eles apreenderam na fronteira com a Rússia. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
UcrâniaRússiacessar-fogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.