Ucrânia: rebeldes se aproximam de tropas do governo

A Ucrânia afirmou nesta quinta-feira que as condições de segurança nas áreas tomadas por rebeldes no leste do país estão se deteriorando com a aproximação de militantes das linhas de demarcação que os separam das tropas do governo.

Estadão Conteúdo

13 Novembro 2014 | 11h05

O porta-voz do Conselho de Segurança Nacional e Defesa, Andriy Lysenko disse que o Exército russo está avançando com um grande número de soldados, incluindo unidades de defesa aérea, para a fronteira entre os dois países. Kiev acusa os russos de darem apoio direto às forças separatistas, uma acusação que Moscou nega.

A declaração de Lysenko se segue a múltiplos relatos de que grandes comboios militares estão em movimento em áreas controladas pelos separatistas. Caminhões transportando soldados, munição, combustível e artilharia de alto calibre foram avistadas viajando principalmente em direção à Donetsk, a principal cidade dos rebeldes.

Um acordo de cessar-fogo entre a Ucrânia e os rebeldes está em vigor desde setembro, mas tem sido invalidado por ambas as partes, na medida em que as hostilidades intensas prosseguem diariamente. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.