Ucrânia retira 800 pessoas de vilas depois de vazamento tóxico

A Ucrânia retirou mais de 800 pessoas de suas casas depois que um trem carregando fósforo amarelo descarrilou, causando um incêndio e dispersando uma nuvem tóxica sobre dezenas de vilarejos, informaram autoridades nesta terça-feira. O trem, que viajava do Casaquistão à Polônia, saiu dos trilhos no oeste da Ucrânia às 16h55 (horário local) da segunda-feira, descarrilando 15 vagões-tanque de fósforo. Seis vagões-tanque pegaram fogo, espalhando fumaça tóxica sobre uma área de cerca de 90 quilômetros quadrados, onde vivem cerca de 11 mil pessoas, informaram autoridades. Eles disseram que 13 pessoas foram levadas ao hospital por envenenamento. Fósforo amarelo é uma cera sólida armazenada sob a forma líquida, pois entra em combustão ao ter contato com o oxigênio. Os compostos de fósforo podem ser extremamente tóxicos. As estações de televisão local mostraram bombeiros usando aparatos de proteção química e espalhando espuma nos tanques. "Eles estão resfriando as cisternas, e o fósforo que vazou está sendo coberto com areia e espuma", disse o porta-voz do governo no local do vazamento. "Tudo está sob controle. Não há ameaça para ninguém."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.