Ucraniano diz que Rússia reforçou tropas na Crimeia

Uma autoridade ucraniana disse neste sábado que a Rússia voltou a reforçar a presença militar na Crimeia. Segundo Vladislav Seleznyov, um porta-voz das forças armadas ucranianas na região, testemunhas relataram que viram navios militares anfíbios descarregarem cerca de 200 veículos militares no leste da Crimeia na sexta-feira à noite depois de terem aparentemente atravessado o Estreito de Kerch, que separa a região do território russo.

AE, Agência Estado

08 de março de 2014 | 09h49

Ele também afirmou que um comboio de mais de 60 caminhões militares que não tinham identificação estavam se dirigindo a partir da cidade de Feodosia para Simferopol, a capital regional.

A operação com veículos anfíbios parecia ser um dos maiores movimentos de forças militares russas desde a operação na Crimeia há uma semana.

Selenyov disse à Associated Press que as tropas não "tinham insígnias que os identificassem como russos, mas não temos nenhuma dúvida quanto à fidelidade das tropas".

Um repórter da AP viu um comboio neste sábado perto de Fedosia. Na parte de trás dos veículos, podiam ser observados soldados fortemente armados, mas nenhum parecia ter distintivo ou insígnia de identificação.

O porta-voz militar ucraniano também disse que, em Simferopol, dezenas de homens armados invadiram no sábado um armazém militar contendo bens militares ucranianos. Fonte: Associated Press

Tudo o que sabemos sobre:
UcrâniaRússiaTropas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.