Ucranianos impedem reunião ministerial

Uma reunião ministerial foi cancelada nesta quarta-feira na Ucrânia depois que seguidores do presidente eleito, Viktor Yushchenko, impediram que o primeiro-ministro, Viktor Yanukovich, entrasse nos prédios do governo.Yushchenko havia pedido que seus seguidores impedissem o encontro do que ele chamou de "governo ilegal". Cerca de 2 mil pessoas se reuniram no local e formaram uma corrente humana para bloquear todas as entradas."Que país permite que um governo que foi dispensado diga que não quer deixar o poder? Nenhum encontro de um governo ilegítimo pode acontecer", disse Yushchenko.No início do mês, o Parlamento da Ucrânia aprovou uma moção de desconfiança contra Yanukovich. Com a decisão, um novo primeiro-ministro teria de ser nomeado pelo atual presidente da Ucrânia, Leonid Kuchma. No entanto, Kuchma se recusou a demitir o gabinete até agora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.