Uday e Qusay levaram mais de 20 tiros cada um

Militares dos EUA mostraram nesta sexta-feira a jornalistas os cadáveres de Uday e Qusay Hussein, filhos do ex-ditador Saddam Hussein, e disseram que cada um deles foi atingido por mais de 20 balas. Especialistas das forças militares prepararam os restos para o funeral. Os rostos dos irmãos foram parcialmente restaurados para que parecessem como antes de serem alvo de uma emboscada em uma mansão na cidade de Mosul, no norte do Iraque, que pôs fim às suas vidas. As autoridades americanas disseram ter enviado amostras de seus tecidos, retiradas de músculos e ossos, a um laboratório militar em Washington que as submeterá a testes de DNA. Os restos de ambos os irmãos tinham feridas e queimaduras. Acredita-se que Uday tenha morrido com um golpe na cabeça. Qusay tinha vários impactos de bala na cabeça, na porte superior e atrás da orelha direita, disseram médicos e funcionários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.