UE aguarda resultado da visita de Blix a Bagdá

A União Européia (UE) adiou qualquer iniciativa para resolver a crise no Iraque para depois da visita a Bagdá do chefe dos inspetores da ONU, afirmou hoje o ministro das Relações Exteriores da Grécia, George Papandreou.Papandreou, cujo país está na Presidência rotativa da UE, falou aos repórteres depois de manter conversações com seu colega egípcio, Ahmed Maher.Ele foi questionado acerca de propostas para se convocar uma reunião dos países membros da UE com os vizinhos do Iraque, e sobre o envio de uma delegação da UE e da Liga Árabe a Bagdá."Não quero falar sobre as idéias que possamos ter porque acho que elas virão à medida que as coisas forem acontecendo. Estamos esperando para ver qual a resposta que Hans Blix e Mohamed El-Baradei terão em Bagdá. Isto nos dará uma idéia clara sobre o trabalho que necessitaremos para seguir adiante", afirmou Papandreou.Blix, chefe dos inspetores de armas da ONU, e El-Baradei, chefe da Agência Internacional de Energia Atômica, devem chegar a Bagdá neste sábado para manter conversações finais com as autoridades iraquianas, antes do esperado relatório para o Conselho de Segurança da ONU, no dia 14 de fevereiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.