UE anuncia sanções adicionais a Assad

A União Europeia anunciou ontem que duplicará a ajuda humanitária para os refugiados que escapam da violência na Síria e anunciou sanções adicionais ao regime de Bashar Assad, que incluem a companhia SyrianAir. Reunidos em Bruxelas, os chanceleres da UE decidiram aumentar para 63 milhões a ajuda humanitária para os mais de 120 mil sírios refugiados na Jordânia, Turquia, Líbano e Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.